top of page
Buscar

SOLIDARIEDADE À LUTA DAS EDUCADORAS(ES) DE FEIRA DE SANTANA-BA


A bancada do PSOL na Câmara Municipal de Belém vem a público repudiar e responsabilizar o prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins da Silva Filho (MDB), pelas brutais agressões praticadas contra professores, estudantes, jornalistas e vereadores do município, quando da manifestação da categoria docente por regularização do pagamento de salários e melhorias na estrutura das escolas.

A manifestação, que foi duramente reprimida pela Guarda Municipal, seguiu para a sede da prefeitura e logo depois as portas foram fechadas, prendendo no local, durante toda a tarde, professores, estudantes e nosso companheiro vereador Jhonatas Monteiro (PSOL). Diante disso, os manifestantes decidiram seguir ocupando a prefeitura, até que haja negociação sobre os pontos de pauta, coisa que o governo municipal ainda não sinalizou.

Durante a noite, após a energia do prédio ter sido cortada, a Guarda Municipal invadiu o local, agrediu professoras, quebrou paredes e usou spray de pimenta, mais uma vez protagonizando um cenário de guerra que foi transmitido ao vivo por companheiros que estavam no local.

Mas a situação se agravou hoje pela manhã quando a repressão se intensificou. O companheiro Rafael Moreira, assessor do vereador Jhonatas, foi brutalmente espancado, algemado e preso. Até o momento está incomunicável, o que é absolutamente inaceitável.

Lutar por direitos não é crime! Por isso exigimos a imediata libertação dos detidos; o fim da repressão ao movimento; a imediata abertura de negociação por parte da prefeitura; e a punição dos agressores.


Bancada do PSOL em Belém/PA


Fernando Carneiro

Gizele Freitas

Lívia Duarte

Nazaré Lima


Belém, 01 de abril de 2022

0 comentário

Comments


bottom of page